PF abre nova guerra entre Bolsonaro e Luis Miranda

A abertura do inquérito pela Polícia Federal (PF) para apurar se o presidente Jair Bolsonaro cometeu prevaricação no caso da compra da vacina indiana Covaxin abre o primeiro capítulo prático da CPI da Covid: Bolsonaro contra o deputado Luís Miranda (DEM-DF).

Embora a comissão já tenha desgastado o governo e manchado a popularidade de Bolsonaro, o resultado desse inquérito pode ser a diferença entre uma CPI que deu resultados históricos para o país e uma CPI que vai para a lista de comissões cujas investigações não tiveram resultado de fato.

Ao dar espaço para Luís Miranda, um “desconhecido” que se posicionou contra o presidente, a CPI pode ter iniciado uma investigação que, se confirmada, tem poder para acabar com o atual governo.

A história da compra da Covaxin tem crescido na mesma proporção que a aprovação ao governo Bolsonaro tem caído. Espera-se que ao final dessa investigação, o Brasil possa saber o desfecho da história.

Fontes Retirada do Site Veja Abril link da Matéria aqui….

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *