Nanopartícula pode ajudar no tratamento do câncer

Nanopartícula pode ajudar no tratamento do câncer

Pesquisadores da Universidade Ludwig-Maximilians, de Munique, na Alemanha, buscam desenvolver tratamentos quimioterápicos que não causam efeitos colaterais. Para isso, criaram uma nanopartícula que pode tratar o câncer sem estimular reações tóxicas no organismo.

O fármaco sintético é composto por fosfato e citrato de cálcio encapsulados em uma camada lipídica. O estudo alemão revela que as células cancerosas rompem a membrana externa, o que permite que o conteúdo entre no citoplasma. Isso permite a absorção imediata das partículas sem produzir efeitos colaterais.

As células saudáveis, por sua vez, não têm esse comportamento e permanecem íntegras. Dessa forma, o processo garante a invasão das células cancerosas para atacar a doença enquanto as células saudáveis se mantêm intactas.

Nos testes com camundongos, os cientistas trataram dois tipos de tumores pleurais agressivos. Com apenas duas doses, eles foram reduzidos em 40 e 70%, respectivamente.

Além de as nanopartículas poderem ser introduzidas diretamente na cavidade pleural, não foram registrados efeitos colaterais com seu uso. Os pesquisadores avaliam que a técnica tem potencial para tratar vários tipos de câncer no futuro.

O post Nanopartícula pode ajudar no tratamento do câncer apareceu primeiro em Olhar Digital.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *