Após reunião com Doria, China libera novo lote de insumos para vacina

O embaixador da China no Brasil, Yang Wanming, confirmou nesta sexta a liberação de novo lote de IFA [Insumo Farmacêutico Ativo], matéria-prima utilizada na produção de vacinas, ao país. 

O anúncio foi feito após reunião com o Fórum dos Governadores, com a participação de João Doria (SP), Waldez Góes (AP), Flávio Dino (MA) e Wellington Dias (PI).

“Informei a liberação dos novos lotes de IFA para produzir no total 16,6 milhões de doses da Coronavac e vacina AstraZeneca, que chegarão no Brasil nos próximos dias. A China, fraterna com o povo brasileiro, está comprometida em parceria de vacinas”, publicou Wanming no Twitter.

Durante o encontro, o governador João Doria e o diretor do Instituto Butantan, Dimas Covas, reforçaram a urgência do envio de IFA ao Brasil. No início desta semana, a China havia anunciado uma remessa menor do que a esperada.

“Nos surpreendeu a notícia de que havia 6 mil litros de insumos disponíveis para o embarque e que apenas 3 mil estariam sendo embarcados no dia 25. Precisamos da sua ajuda para que esses outros 3 mil litros de IFA sejam embarcados imediatamente para o Brasil. Com 6 mil litros, podemos ter 17 milhões de doses da vacina”, afirmou Doria.

Com a confirmação do embaixador chinês da liberação de insumos capazes de produzir 16,6 milhões de doses, portanto, o cronograma poderá ser parcialmente cumprido.

Dimas Covas, do Butantan, declarou que, até o final de junho, a necessidade do instituto é de 10 mil litros de IFA, ou seja, quatro a mais do que deverão ser enviados agora.

De junho a setembro, afirmou Covas, serão necessários mais 22 mil litros e, após esse período, mais 36 mil litros.

Continua após a publicidade

Fontes Retirada do Site Veja Abril link da Matéria aqui….

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *