AO VIVO: Carlos Wizard presta depoimento à CPI da Pandemia

O empresário bolsonarista Carlos Wizard presta depoimento à CPI da Pandemia nesta quarta-feira, 30, após faltar à audiência marcada para o dia 17 de junho, quando alegou que estava nos Estados Unidos. Ele deve ser questionado sobre o chamado “gabinete paralelo” de aconselhamento ao presidente Jair Bolsonaro no enfrentamento à crise sanitária, além da defesa de remédios ineficazes contra a doença e a tese de ‘imunidade de rebanho’.

Ao saber que seria convocado pela comissão, o empresário tentou inicialmente ser ouvido por videoconferência, o que lhe foi negado. Apesar de ter obtido habeas corpus, concedido pelo ministro do Supremo Tribunal Federal Luís Roberto Barroso para não responder a perguntas que o incriminassem, o empresário não foi ao Senado na primeira data marcada.

Wizard retornou ao Brasil na segunda-feira 28 e teve seu passaporte retido pela Polícia Federal assim que desembarcou no Aeroporto de Viracopos, interior de São Paulo. A apreensão do documento foi um pedido da CPI à Justiça. Além disso, a comissão já aprovou requerimentos para quebra de sigilo bancário, telefônico, telemático e fiscal do empresário e o incluiu na lista dos primeiros catorze investigados.

LEIA TAMBÉM: Cloroquina, fake news e gabinete paralelo: a CPI ouve o ‘fugitivo’ Wizard

A convocação do bilionário foi solicitada por meio de requerimento apresentado pelo senador Alessandro Vieira (Cidadania-SE), que julga ser essencial “esclarecer os detalhes de um ‘ministério paralelo da saúde’, responsável pelo aconselhamento extraoficial do governo federal com relação às medidas de combate à Covid-19, incluindo a sugestão de utilização de medicamentos sem eficácia e o apoio a teorias como a da imunidade de rebanho”.

Fontes Retirada do Site Veja Abril link da Matéria aqui….

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *